A confraria recebeu um presente da Dona France Vasques Bellocchio. Achamos tão bom este presente, que resolvemos colocar no Blog, e além disto, criar uma sessão nova: Receitas de Família.

O Hélio pediu para sua mãe, Dona. France para ensinar a fazer o Rocambole que ela freqüentemente faz, e presenteia aos amigos mais chegados. E eu fui convidado para essa aula. Quando chegamos, todos os ingredientes já estavam separados. Tudo pronto para começar. Tudo organizado e disposto sobre a pia. Logo-logo ela começou, tinha que ser rápido, porque tínhamos somente uma hora e meia para fazer tudo. Dona France tinha outro compromisso. Ela começou a preparar, e nos começamos a tirar fotos de tudo. Não podíamos perder nada. Juntamente com os preparativos vieram as histórias de família. Então percebi que não era somente um Rocambole, era o Rocambole. Eram 54 anos que Dona France fazia aquela receita. Além disso, a mesma massa foi usada várias vez para fazer os bolos de aniversários, primeiramente dos filhos e depois dos netos e agora dos bisnetos. Por isso o sorriso farto. Na sua mente, com certeza passaram as lembranças de cada vez que ela preparou aquela massa, mesmo que não conseguisse narrar todas elas. Mas o sorriso evidenciava as alegrias vividas ao sabor daquela receita.

E o tempo voou. Tanto pelo pelas histórias agradáveis, quanto pela simplicidade que Dona France conduziu a receita. Uma prova que culinária tem que ser com paixão e não com sofisticação, 45 minutos e tudo pronto. Talvez como “marinheiros de primeira viajem” gastemos mais tempo, mas é uma receita fácil, porém digna que qualquer confeitaria, tanto pelo sabor, quanto pela apresentação.

Dando uma “esticadinha na prosa”: o sabor é daqueles de lembrar a infância de qualquer um que teve uma recheada por produtos de sabores naturais. “Bão de mais!”

PS: Quanto as fotos; Dona France achou um exagero.

 

Receita

 

Ingredientes

 

5 ovos

2 xícaras de  açúcar

2 xícaras de farinha (bem cheias)

1 xícara de leite

500grs de doce de Leite

1 colher de fermento químico 

 

Modo de Preparo

 

1)              Untar bem a forma com margarina (fundo e laterais)

2)              Ligar o forno para aquecer

3)               Jogar um pouco de farinha na forma e esparramar bem.

4)              Quebrar ovos  e colocar as claras na batedeira – Reservar gemas.

5)              Colocar uma pitada de sal e uma de açúcar

6)               Bater as claras em neve

7)              Colocar o leite para ferver.

8)               Enquanto o leite esquenta, acrescentar as gemas na batedeira e continuar a bater,                   misturando o açúcar aos poucos.

9)               Assim que o leite ferver, colocar na lateral da batedeira e continuar a bater.

10)             Peneirar a farinha junto com o fermento químico.

11)             Desligar a batedeira e colocar a mistura da farinha e o fermento químico, novamente na           peneira e jogar aos poucos em cima da mistura e mexendo bem para não empelotar

12)             Despejar a massa na forma e ajeitar com a colher até ficar uniforme.

13)             Colocar no forno pré-aquecido por + – 15 minutos

14)             Limpar um tampo de mesa e estender um pano de prato semi úmido com um pouco de           açúcar para não grudar

15)             Assim que a massa estiver assada e corada, retirar do forno

16)             Com uma faca, levemente procure desgrudar as beiradas.

17)             Pegue no canto e vire em cima do pano.

18)              Espalhe o doce de leite

19)             Enrole o bolo, inicialmente  faça uma primeira dobra, pressionando ligeiramente e depois o       restante.

20)             Acerte o rocambole, coloque na forma com um pouco de açúcar.

21)             Peneire levemente açúcar em cima do rocambole

22)             Esquente a ponta de um espeto (pode ser de churrasco) e  faça marcas para decorá-lo.

Esta receita foi  indicada por France Vasques Bellocchio

Anúncios